dcsimg

4 erros que você deve evitar em um empréstimo pessoal

Se você está pensando em fazer um empréstimo pessoal ou um crédito pessoal, saiba que existem algumas coisas que você deve fazer antes de assinar qualquer papel e fechar um negócio. Os empréstimos parecem a solução para seus problemas, algo que pode te salvar de dívidas que devem ser pagas urgentemente ou para que você possa completar o dinheiro para alguma coisa que pretende comprar no momento ou apenas para ter um dinheiro extra.

Você é funcionário da prefeitura? Veja como contratar um empréstimo consignado!

4 erros que você deve evitar em um empréstimo pessoal

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Mas, antes de você fechar qualquer empréstimo, é preciso que você fique muito bem informado sobre quais os erros que você não deve cometer ao fazer um empréstimo. Dessa forma você irá evitar muitas decepções, preocupações, contas e principalmente todas aquelas parcelas com juros altíssimos!

Erros ao contratar um empréstimo pessoal

  1. Não pesquisar preços em diversos bancos e financeiras

O maior erro que as pessoas cometem ao contratar um empréstimo pessoal é não pesquisar entes de fechar negócio com uma financeira ou banco. A maior parte das pessoas nem se quer pesquisam o preço do juros a ser cobrado, o prazo das parcelas a serem pagas e todas as outras ofertas que os bancos e financeiras podem oferecer e nisso acabam contratando o próprio banco só porque já possui uma conta corrente em seu nome ali. É importantíssimo que você possa pesquisar muito o local onde você irá fazer o seu empréstimo para que não tenha decepções futuras.

  1. Fazer empréstimo sem necessidade

Avalie situação em que você se encontra e veja se realmente vale a pena fazer um empréstimo. Vale lembrar que o empréstimo cobrará juros altos, portanto não pode ser solicitado para comprar uma coisa boba como uma geladeira, um carro novo, ou para fazer uma viagem, uma cirurgia plástica ou qualquer outra coisa que não seja de muita emergência. O empréstimo deve ser feito comente em casos muito urgentes e importantes senão ele pode acabar sendo um outro problema para você! Opte por guardar dinheiro durante alguns meses, quem sabe assim você consiga comprar o que você tanto quer.

  1. Não conferir as taxas de juros e encargos

É importante que você saiba averiguar o valor das taxas de juros e os encargos quando for pesquisar o local que irá fechar o empréstimo. Algumas instituições oferecem somente um valor de juros sem distinções, mas você pode conversar com eles e negociar algo que faça com que o juros possa ser diminuído. Não deixe de pergunta sobre essa possibilidade. Dessa forma você pode economizar muito na hora de pagar as parcelas.

  1. Acreditar nas propagandas de financeiras e bancos

Certamente, quando se está em busca de uma empresa para poder fazer um empréstimo pessoal, qualquer propaganda que o interessado vê já fica todo animado pensando que o juros realmente pode ser da maneira que diz a propaganda. Mas não se engane! Nem todas as financeiras fazem propagandas verdadeiras, que realmente falam o valor exato dos juros. Tudo muda quando você chega para negociar e do nada os juros de multiplicam de uma forma inesperada e acabam ultrapassando os valores citados na propaganda.

Tipos de crédito pessoal que você deve evitar

Agora que você conhece os erros que deve evitar ao contratar um empréstimo pessoal, veja os tipos de crédito que também devem ser evitados. Saiba que o Banco Central disponibiliza a taxa de juros média que cada instituição cobra em suas modalidades de empréstimo.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Ao contratar o empréstimo pessoal, atente-se as taxas de juros e lembre-se que banco nenhum faz um favor de emprestar-lhe dinheiro. Os tipos de crédito pessoal que você precisa evitar, já que são os vilões, são: cheque especial e crédito para negativado.

– Cheque especial:

A taxa média de juros fica em torno de 12,5% ao mês. Fique atento ao valor positivo em sua conta corrente e evite cair no cheque especial. Lembre-se de que essa é uma modalidade pré-aprovada e que está disponível sempre que precisar. Porém, a taxa de juros é muito alta.

– Crédito para negativado:

Outra modalidade com taxa de juros alta e, é considerada a mais cara do mercado, oferece 21,44% ao mês. Esses juros são altos porque as chances do consumidor não honrar com o pagamento é maio. Sendo assim, as financeiras cobram esses juros para suprir possíveis perdas financeiras.

Agora você já sabe os tipos de crédito pessoal que deve evitar, então, fuja deles. Se precisar de um empréstimo, entre em contato conosco!

Sobre o autor: Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de três anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.

Muitos leitores realizaram a cotação do seu Seguro Auto através de nosso site!

Preencha o nosso formulário e receba grátis as melhores propostas.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida? Entre em contato conosco.