dcsimg

September 14 2015

Jeniffer Elaina da Silva

Dicas de como sair do vermelho



Dicas de como sair do vermelhoQuem nunca ouviu de um conhecido que ele está enrolado com as contas e com dívidas? Ou melhor quem nunca passou por essa situação?

É comum as pessoas se enrolarem com as contas e isso muitas vezes acontece mais por descontrole do que pela falta do dinheiro entrando. O consumismo está na moda e por isso é comum se comprar mais do que realmente se precisa, só que na hora de comprar ninguém lembra da conta que vem depois.

Se esse é o seu caso é preciso reorganizar as contas para conseguir sair do vermelho.  Essa tarefa pode parecer muito complexa e até mesmo impossível dependendo do seu grau de endividamento, mas dá para mudar a situação.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Tenha paciência

Não é de uma hora que você vai sair do vermelho e quitar todas as suas dívidas, a menos que você ganhe uma bolada inesperada. Entenda que se enrolar em dívidas é rápida, mas terminar de pagar todas elas pode levar algum tempo e ele vai variar de acordo com o seu orçamento.

Para isso o ideal é parcelar a dívida e ir pagando em parcelas que cabem no seu bolso, mesmo que a negociação seja feita em várias vezes. O importante é não deixar atrasar novamente.

Controle seus gastos

Quando se fala em controlar os gastos muita gente pensa: se fosse fácil eu não estaria endividado.  Mas na verdade essa tarefa só se torna difícil quando não se tem nenhum controle sobre ela.

O controle precisa ser organizado e por escrito, nada de “achar” que ainda tem x valor para gastar. O ideal é fazer uma planilha de controle de tudo que entra e sai da sua conta e da forma mais detalhada possível, pois assim você vai conseguir identificar o que está comprometendo seu orçamento e não gastará mais do que está ganhando.

Corte gastos

Sim, sempre tem de onde cortar. Pode ser o lanche com os amigos, a compra de roupa e até mesmo substituindo os produtos no supermercado por outros mais em conta. Nesse momento é hora de cortar todas as despesas que não sejam essenciais, pelo menos até conseguir colocar as contas em dia e, depois que tudo estiver certo, é preciso controlar.

Uma dica para não gastar com bobagens é não andar com dinheiro na carteira porque às vezes acaba-se gastando sem nem perceber.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Negocie as dívidas

Por mais que possa parecer que o credor não está disposto a negociar, com certeza para ele é melhor receber o valor por etapas do que não receber nada. As empresas sabem que a situação financeira está complicada então procure-as e seja honesto na negociação. Diga a sua real situação e de que forma consegue pagar, pois assim é possível chegar mais facilmente a um acordo que seja bom para ambas as partes.

Envolva os familiares

De nada adianta apenas uma pessoa na casa se esforçar para pagar as dívidas enquanto os outros continuam gastando. É hora de sentar e conversar com todos os envolvidos e esclarecer a situação, pois com a colaboração de todos fica mais fácil sair do vermelho.

Sobre o autor: Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de três anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida? Entre em contato conosco.