dcsimg

Empréstimo consignado e demissão: tire suas dúvidas

Empréstimo consignado e demissão: tires suas dúvidasQuem possui empréstimo consignado sendo demitido precisará arcar com o débito.

O empréstimo consignado consiste em pagar o valor das parcelas com desconto na folha de pagamento, dessa forma a empresa repassa ao banco todos os meses os valores devidos. Para conseguir esse tipo de empréstimo é preciso que a empresa ou órgão público para o qual se trabalha tenha um convênio com o banco para disponibilizar essa facilidade.

A grande dúvida das pessoas é em caso de demissão, pois a maioria não sabe como ficam essas condições.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Fui demitido, a dívida deixa de existir?

Ao ser demitido a dívida continua existindo, pois, o acordo foi firmado entre a pessoa e o banco e não estar mais vinculado a empresa não será impedimento para que a cobrança ocorra. O único ponto é que os valores que antes eram descontados diretamente em folha de pagamento não mais ocorrerão dessa forma.

Pode ocorrer desconto na rescisão?

Sim. Mas é claro que existem algumas regras para que isso ocorra, como por exemplo, respeitar uma porcentagem máxima para descontar. Esse limite é de 30% do valor total da rescisão, portanto se ela foi de R$ 5.000,00 até R$ 1.500,00 pode ser utilizado para quitar o empréstimo.

Se o valor devido for menor será descontado o total e assim ele deixa de existir, já se a dívida for maior, parte do valor continuará pendente.

Ainda existem valores pendentes, como faço para pagar?

Existe mais de uma maneire de pagar o valor devido e isso deve ser negociado diretamente com o banco e não com a empresa. Uma das opções seria pagar diretamente ao banco, com desconto em conta corrente, boleto ou outra forma que for disponibilizada.

Já se a pessoa estiver mudando de empresa e indo para uma que tenha também o convenio com o mesmo banco para crédito consignado, poderá transferir esse desconto. Assim os valores continuariam a ser descontados do salário, porém já na empresa nova.

Inicialmente os valores das parcelas continuam os mesmos e não mudam, porém é possível renegociar a dívida com o banco, pagando o valor à vista ou revendo as parcelas.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

É possível fazer um novo consignado tendo um já existente?

Isso vai depender das regras utilizadas por cada banco, em alguns casos se já possui um empréstimo em uma determinada instituição terá que renegociar os valores. Mas quando o empréstimo costuma ser solicitado em outro banco é bem possível que ele seja liberado, ficando o da antiga empresa e da atual.

Sobre o autor: Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de três anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.

Muitos leitores realizaram a cotação do seu Seguro Auto através de nosso site!

Preencha o nosso formulário e receba grátis as melhores propostas.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.

Prestamos um serviço completamente gratuito para você
NUNCA faça qualquer tipo de depósito para conseguir seu empréstimo. Ficou com dúvida? Entre em contato conosco.